Programa 12 – Charlie Parker Big Band Strings

12 - ChrlPrk

O saxofonista Charlie Parker e banda de cordas

 
O genial Charlie Parker (1920 – 1955) é considerado por muitos amantes do jazz como um dos maiores saxofonistas de todos os tempos. Iniciou sua carreira tocando em Big Bands na época do swing durante os anos 30 e 40, mas consolidou sua carreira no tempo do Bebop em pequenos conjuntos, como quartetos ou sextetos. Quando Parker começou a gravar para o empresário Norman Granz, este, no propósito de tornar a música do saxofonista mais acessível ao grande público fez com que ele trabalhasse acompanhado de uma grande orquestra ou um conjunto de cordas.

Nesta edição de Jazz Panorama, apresentamos algumas destas gravações, feitas em sessões orquestrais em janeiro de 1952 e outras com grupos de cordas, que foram gravadas entre 1949 e 1950. Você irá escutar neste programa alguns clássicos do cancioneiro dos Estados Unidos, os chamados standards, de compositores consagrados como Vernon Duke, George Gershwin e Johnny Mercer.

Ouça o nosso podcast para saber muito mais detalhes dessas gravações e escutar esta face da carreira de Charlie Parker. A apresentação, como sempre, é de Juan Maurer.
 
Programa 12 – Parte I

1. “Temptation” (Arthur Freed/Nacio Herb Brown) – Charlie Parker (1952)
2. “Lovers” (Lorenz Hart/Richard Rodgers) – Charlie Parker (1952)
3. “Autumn in New York” (Vernon Duke) – Charlie Parker (1952)
4. “Stella by Starlight” (Ned Washington/Victor Young) – Charlie Parker (1952)
5. “Night and Day” (Cole Porter) – Charlie Parker (1952)
6. “Almost Like Being in Love”(Jay Lerner/Frederick Loewe) – Charlie Parker (1952)
7. “I Can’t Get Started”(Vernon Duke) – Charlie Parker (1952)
8. “What’s is This Thing Called Love” (Cole Porter) – Charlie Parker (1952)
9. “Everything Happens to Me” (Matt Dennis/Thomas Adair) – Charlie Parker (1950)
 

Programa 12 – Parte I

1. “April in Paris” (Vernon Duke/E.Y. “Yip” Harburg) – Charlie Parker (1950)
2. “Summertime” (George Gershwin) – Charlie Parker (1950)
3. “I Didn’t Know What Time it Was” (Lorenz Hart/Richard Rodgers) – Charlie Parker (1950)
4. “Just Friends” (John Klenner/Sam M. Lewis) – Charlie Parker (1950)
5. “Dancing in The Dark”(Arthur Schwartz/Howard Dietz) – Charlie Parker (1950)
6. “Out of Nowhere”(Johnny Green) – Charlie Parker (1950)
7. “East of the Sun” (Brooks Bowman) – Charlie Parker (1950)

 
 

Comentários

comentários

Autor: Jazz Panorama

Compartilhar esse post em
468 ad