Sobre

Imanoel Caldas e Juan Maurer

The Jazz Messengers: Imanoel Caldas e Juan Maurer

Início e a produção

O Jazz Panorama é um programa dedicado a trazer ao seu público o melhor do jazz. Foi criado em 1987 para fazer parte da programação da Rádio Educativa FM 107,7 de Alagoas, a princípio com apenas uma edição semanal. Neste começo, o Jazz Panorama era produzido e apresentado por Juan Maurer, jazzófilo de origem peruana radicado no Brasil desde os anos 1970. Após algumas semanas de exibição, Maurer contou com a colaboração e o conhecimento jazzístico de Imanoel Caldas, como ele, também dono de uma inacreditável coleção discos de Jazz. Juntos, enfrentaram desafios, entre eles de ordem técnica, para levar ao ar o que havia de melhor nesse estilo musical. “Inicialmente eu levava os discos e o roteiro para os estúdios da rádio e gravava em fita, sendo feita a mixagem na mesma hora da gravação”, relembra Maurer. “Depois de alguns anos, compramos um pequeno mixador e começamos a gravar e a mixar o programa na casa do Imanoel, diretamente em fitas cassete que depois entregávamos na emissora”, completa. Esse trabalho se daria até a chegada da era digital, quando computadores rápidos, CDs e MP3 facilitariam o trabalho.  Tamanho trabalho era recompensado com a receptividade do público ao Jazz Panorama. Em pouco tempo, o programa passou a ser o de maior audiência da Educativa FM, o que o fez a ser transmitido em horário mais nobre – exatamente na hora do almoço, quando a maioria dos ouvintes sintonizava a emissora nos rádios de seus carros.

O formato

O sucesso do Jazz Panorama está aliado a uma fórmula que deu muito certo: música de excelente qualidade dirigida a um público não especializado. É simples: para ouvir o programa, não se precisa ter um bom conhecimento de Jazz. “Para isto, tive sempre o cuidado de dar todas as informações necessárias para situar as músicas apresentadas dentro de um contexto compreensível para qualquer ouvinte leigo em questões jazzísticas”, explica Maurer. Funciona assim: a cada música executada no ar, o apresentador dá o nome do artista, um resumo de sua biografia e de seu histórico principal, além de uma apreciação sobre sua relevância no mundo do Jazz. “Também incluo a data da gravação, o nome e o histórico da composição musical, e de seus autores, além da tradução do título, que geralmente é em inglês”, acrescenta.

Por conta de suas atividades empresariais e políticas, Juan Maurer foi forçado a abandonar o Jazz Panorama em sua versão apresentada na Rádio Educativa, que permanece no ar,  comandado por Imanoel Caldas. Porém, Maurer volta ao seu público através de uma compilação dos melhores programas que apresentou e produziu aqui no Jazzpanorama.com,  site que trará sempre uma nova edição a cada semana com o melhor do jazz em forma de podcasts.

O apresentador

Juan Maurer

Juan Maurer

Juan Maurer nasceu na cidade de Bellavista, na província de Callao, no Peru em 1940. Por conta da vida profissional do pai – um diplomata e executivo de uma multinacional – desde cedo teve uma existência cigana. Ainda com um ano de idade, foi morar nos Estados Unidos. Mas em pouco tempo, estava se mudando para Havana, Cuba, retornando alguns anos mais tarde para Lima, no Peru. Ainda adolescente, teve que se mudar para o Rio de Janeiro, onde, aos 15 anos de idade, começou a se interessar por Jazz e comprar seus primeiros discos do gênero. A partir daí, o interesse do jovem foi se ampliando com livros sobre o assunto que tomava de empréstimo na Embaixada dos Estados Unidos no Rio. Do Brasil voltou aos Estados Unidos onde cursou faculdade na California. Lá teve oportunidade de ver performances ao vivo de ícones do jazz como Miles Davis, John Coltrane, Modern Jazz Quartet, Cannonball Adderley, entre muitos outros. Por conta de atividades profissionais, voltaria ao Brasil no final dos anos 1970, onde vive até hoje, com sua raríssima coleção de discos de Jazz, com o que há de mais valioso no gênero musical.