Lover Come Back to Me – Senri Kawaguchi Quartet
dez30

Lover Come Back to Me – Senri Kawaguchi Quartet

Jazz Panorama foi até o Japão pra trazer esse grupo feminino sensacional. O quarteto liderado pela jovem baterista Senri Kawaguchi interpreta “Lover Come Back to Me” Senri Kawaguchi – Bateria Yukiko Onishi – Sax Mana Imanaga – Baixo Shoko Nagasaki –...

Leia Mais
BB King ao vivo, em 2011
maio15

BB King ao vivo, em 2011

Homenagem a B.B. King, nome que muitos consideram o sinônimo de blues. Riley Ben King nasceu em Itta Bena, Mississippi (EUA), em 16 de setembro de 1925. Faleceu nesta sexta-feira, 14 de maio de 2015 em Las Vegas. B.B. (Blues Boy) King recebeu 16 prêmios Grammy e foi considerado pela revista Rolling Stone como um dos melhores guitarristas de todos os tempos. B.B. King há muito tempo é um capítulo importante da história do jazz e blues universal e deixa uma lacuna difícil de ser preenchida no gênero em que foi considerado rei absoluto.  ...

Leia Mais
Herb Alpert – Especiais para TV em 1967 e 1968
mar31

Herb Alpert – Especiais para TV em 1967 e 1968

No dia em que o trumpetista Herb Alpert completa 79 anos, o Jazz Panorama traz essa compilação de 2 programas especiais que estrelou nos anos de 1967 e 1968.

Leia Mais
Paco de Lucia – Ao vivo em Montreux 2012
fev26

Paco de Lucia – Ao vivo em Montreux 2012

Neste 26 de fevereiro de 2014 se foi, vítima de um infarto, o mais espetacular guitarrista espanhol: Paco de Lucía. A perda é considerada irreparável para a cultura da Andaluzia. Seu nome de batismo era Francisco Sánchez Gómez. Nasceu em 21 de dezembro de 1947, em Algeciras, província de Cádiz, na Espanha. Foi um dos grandes responsáveis pela modernização e popularização da música flamenca em todo o mundo. Assista a essa apresentação de Paco de Lucía no Festival de Jazz de Montreux, em 2012. Músicos participantes: Paco de Lucia – Guitarra David de Jacoba – Voz Duquende – Voz Antonio Sánchez Palomo – Guitarra El Piraña – Percussão Farru – Dança Antonio Serrano – Harmônica e teclados Alain Perez – Baixo  ...

Leia Mais
Charles Mingus – Abril de 1964 – Bélgica, Noruega e Suécia
fev05

Charles Mingus – Abril de 1964 – Bélgica, Noruega e Suécia

Esse vídeo compila três excepcionais apresentações do contrabaixista Charles Mingus gravadas em abril de 1964, com sua banda mais célebre que era formada por Jaki Byard no piano, Clifford Jordan no sax tenor, Johnny Coles no trumpete, Danny Richmond na bateria e Eric Dolphy no sax alto, flauta e clarinete. Essas gravações aconteceram em três países da Europa – Suécia, Bélgica e Noruega, no espaço de tempo de 8 dias, a menos de 3 meses da morte de Eric Dolphy. Bélgica – 19 de abril de 1964 01 – Intro 02 – So Long Eric 03 – Peggy’s Blue Skylight 04 – Meditations On Integration.(Eric Dolphy no Clarinete e flauta) Noruega – 12 de abril de 1964 01 – So Long Eric 02 – Orange Was The Colour Of Her Dress,Then Blue Silk 03 – Parkeriana 04 – Take The “A” Train (Eric Dolphy no clarinete) Suécia 01 – So Long Eric 02 – Meditations On Integration.(Eric Dolphy no Clarinete e flauta) Charles Mingus showcases three exceptional concerts performed in April 1964 featuring his most celebrated lineup–Jaki Byard (piano), Dannie Richmond (drums), Johnny Coles (trumpet), Clifford Jordan (tenor sax) and the great Eric Dolphy (alto sax, flute and bass clarinet). Recorded within an eight-day span, less than three months before Dolphy’s death, the three concerts showcase Mingus’s visionary leadership and the band’s incredible depth and diversity with unique performances and arrangements of classics including “So Long Eric” and the groundbreaking “Meditations On Integration” –...

Leia Mais
John Coltrane ao vivo na Europa – 60/61/65
fev02

John Coltrane ao vivo na Europa – 60/61/65

Neste vídeo você pode assistir a 3 programas gravados na Europa durante o período da carreira de John Coltrane onde ele estava passando de ‘sideman’ a líder de seu próprio grupo. O primeiro programa foi gravado em 28 de março de 1960, em Düsseldorf, Alemanha. A curiosidade sobre esta gravação é que Coltrane foi escalado para liderar a banda de Miles Davis, que não pôde tocar naquele dia. O grupo que vemos é basicamente o quinteto de Davis sem o próprio: John Coltrane no sax tenor, Wynton Kelly no piano, Paul Chambers no baixo e Jimmy Cobb na bateria. Nessa sessão histórica temos a participação de Stan Getz nos dois últimos números e ainda Oscar Peterson, que substitui Kelly ao piano em “Hackensack”. Set list do primeiro programa: 1. On Green Dolphin Street 2. Walkin’ 3. The Theme 4. Autumn leaves 5. What’s New 6. Autumn in New York 7. Hackensack Durante a turnê européia de 1960 John Coltrane contava os dias para deixar o quinteto de Miles Davis e se dedicar a seu próprio grupo, mas, em deferência a Davis, cumpriu o compromisso previamente agendado. Como forma de agradecimento, Davis presenteou Coltrane com um sax soprano. Esse instrumento causou um efeito muito significativo na música de Coltrane e você pode comprovar isso na sessão gravada em 24 de novembro de 1961, en Baden-Baden, Alemanha, que é o segundo programa incluso nesse vídeo. A banda traz Coltrane nos saxes tenor e soprano, Eric Dolphy no sax alto e flauta, McCoy Tyner no piano, Reggie Workman no baixo e Elvin Jones na bateria. Set list do segundo programa: 1. My Favorite Things 2. Everytime We Say Goodbye 3. Impressions O último programa do vídeo foi gravado em 1º de agosto de 1965, em Comblain-la-Tour, Bélgica, um pouco antes do lançamento na Europa do memorável álbum de Coltrane “A Love Supreme”. Aqui vemos o clássico quarteto de Coltrane formado por ele nos saxes tenor e soprano, McCoy Tyner no piano, Elvin Jones na bateria e Jimmy Garrison no baixo. 1.Vigil 2. Naima 3. My Favorite Things  ...

Leia Mais