Programa 16 – Eddie Daniels

16 -EddDnls

O clarinetista Eddie Daniels

 
O artista em destaque desta edição de Jazz Panorama é o clarinetista Eddie Daniels. Nascido em Nova York em 19 de outubro de 1941, iniciou sua carreira tocando saxofone tenor na banda de Marshall Brown e, já aos 16 anos de idade, se apresentou no prestigiado Festival de Jazz de Newport. Mas Daniels despontou no cenário do jazz quando adicionou o clarinete ao seu arsenal instrumental. Hoje, ele é considerado um dos quatro grandes deste instrumento na era posterior ao estilo Dixieland, junto com Benny Goodman, Artie Shaw e Buddy DeFranco. Pode-se dizer que Daniels resgatou o clarinete para o jazz de sua geração, pois quando começou a tocá-lo, o instrumento estava quase em desuso neste gênero.

Eddie Daniels se formou na prestigiada Juilliard School of Music, em Nova York, no ano de 1966. A partir daí, começou a tocar na Big Band de Thad Jones e Mel Lewis, onde permaneceu por 6 anos. Daniels é considerado um virtuoso no seu instrumento e nele faz o complicado parecer fácil, brindando os seus ouvintes sempre com uma bela e expressiva sonoridade. Confira em mais este podcast de Jazz Panorama, na companhia de Juan Maurer.
 
Programa 16 – Parte I

1. My Foolish Heart (Victor Young/Ned Washington) – Carmen McRae (1981)
2. My Foolish Heart (Victor Young/Ned Washington) – Eddie Daniels (1996)
3. Awekening (Johann Sebastian Bach) – Eddie Daniels (1996)
4. Beautiful Love (Haven Gillespie / Wayne King / Egbert VanAlstyne / Victor Young) – Eddie Daniels (1996)
5. Gymnopédie No. 1 (Erik Satie) – Eddie Daniels (1996)

 
Programa 16 – Parte II

1. Waltz for Mirabai (Ira & George Gershwin) – Eddie Daniels (1996)
2. The Ninth Step (Chuck Loeb) – Eddie Daniels (1996)
3. We’ll Always Be Together (Eddie Daniels) – Eddie Daniels (1996)
4. A Take on Five (Eddie Daniels) – Eddie Daniels (1996)
 
 

Comentários

comentários

Autor: Jazz Panorama

Compartilhar esse post em
468 ad